Alinhamento

A Stradale Car Service é uma Oficina Premium e está equipada com um Sistema de Alinhamento Completamente Integrado da Hunter Engineering, é o mais rápido, moderno e preciso sistema de alinhamento automotivo do mundo.
O alinhamento é especificado pelo fabricante do veículos a fim de oferecer uma maior eficiência de rolamento, melhor dirigibilidade e otimização do grau de esterção. Qualquer alteração que ocorra nas especificações de alinhamento, ocasionada por impacto, trepidação, compressão lateral e desgaste dos componentes da suspensão, poderá comprometer o bom comportamento do veículo. Ou, ainda, provocar um desgaste irregular e prematuro da banda de rodagem dos pneus.

Alinhamento das rodas dianteiras baseado na linha geométrica central:

A convergência de cada roda dianteira é medida e ajustada usando-se como referência a linha geométrica central do veículo. Este método foi usado por muitos anos, podendo proporcionar serviços de alinhamento satisfatórios, desde que as rodas traseiras do veículo estejam posicionadas perfeitamente paralelas a linha geométrica central.
No caso em que as rodas traseiras (eixo rígido ou suspensão independente), criam uma linha direcional formando um ângulo com que a linha geométrica central, a geometria da direção sairá do seu ponto central e o volante ficará torto para um dos lados, quando o veículo “rodar” em linha reta.

Alinhamento das rodas dianteiras baseado na linha direcional:

Alinhar as rodas dianteiras baseando-se na linha direcional criada pelas rodas traseiras, representam avanço considerável sobre o método anterior. Neste método a convergência traseira é medida (não ajustada). Com esta medição determina-se a linha direcional das rodas traseiras que é usada como referência para o ajuste das rodas dianteiras. Como resultado, na maioria dos casos, o volante ficará centrado quando o veículo se desloca em linha reta.

Alinhamento total nas quatro rodas:

Alinhamento total é o serviço mais completo, a convergência individual traseira é medida e ajustada conforme as especificações do fabricante. Este ajuste faz coincidir a linha direcional das rodas traseiras com a linha geométrica central direcional. Neste caso as quatro rodas ficarão paralelas entre si e o volante centrado, teremos então o paralelismo total do veículo.

Geometria

• Para entender a Geometria de Suspensão considere que a suspensão dianteira do automóvel não é um sistema rígido, mas sim um sistema elástico que é assim construído para absorver os impactos da melhor forma possível. A suspensão de um veículo tem como objetivo absorver irregularidades do terreno, proporcionando conforto ao motorista e aos passageiros. Ocorre que, os pontos de fixação por não serem rígidos e, com a passagem do veículo por buracos, ondulações e irregularidades da pista, deslocam-se, ou seja, perdem a exata localização de sua fixação original.

• Como essa fixação é toda feita através de parafusos ajustáveis, a geometria nada mais é do que uma regulagem desses pontos de fixação, para que as quatro rodas fiquem perfeitamente centralizadas formando um retângulo. Claro que na prática isso é quase impossível de acontecer, pois seria preciso um ajuste muito sensível que as máquinas de geometria não fazem.

• Por isso as montadoras especificam uma certa margem de erro. Todas as medidas são feitas com graus e milímetros, onde são verificados a distância entre-eixos, o cáster (medidas em relação ao eixo imaginário vertical) e o câmber (queda ou convergência das rodas, que é a distância entre a parte superior e a inferior da roda). Vale lembrar que em suspensões não-originais, ou seja, as rebaixadas, a ar e com molas tipo rosca dificilmente atingem os parâmetros especificados.

ELEMENTOS QUE ENVOLVEM A GEOMETRIA DE SUSPENSÃO:

• Alinhamento
• Convergência
• Divergência
• Caster
• Camber / Cambagem
• KPI ou SAI
• Ângulo Incluso (SAI + Camber)
• Set Back (diferença do axial dos eixos)
• Raio de Giro
• Paralelismo Total

Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.

FALE CONOSCO